quinta-feira, 31 de maio de 2012

E lá se foi maio...

Maio está acabando.... melhor, acabou!

Neste mês, vim muito pouco aqui, para contar o que se passa na nossa vida, o tempo está mais curto e a minha preguiça mais comprida...

Mas posso dizer que está tudo uma diliça... Cecília está uma delicinha, gorducha, fofa, risonha, esperta, Elena, outra delicia maior ainda, grande, inteligente, fofa demais, que cuida para que nada de mal aconteça a sua irmã, óbvio, com alguns percalços de uma criança de 2 anos e 8 meses, uma birrinha aqui, outro teste de paciência ali... mas nada que seja um problema, tudo normal, como eu digo, é normal a criança testar os pais, o que não é normal, é que os pais deixarem tudo virar um oba-oba...

Mas eu juro para vocês, que, quando estava grávida da Cecília, eu achava que ia ser o triplo mais difícil de cuidar das duas, achava que tudo ia virar um caos, e eu que não chegaria viva, ou pelo menos, com um pouco de sanidade ao fim do ano... Mas está tudo sob controle, tenho duas filhas tranquilas, e consigo dar conta do recado, no final das contas!

Encerramos maio, assim:

Hoje, um pouco antes do almoço, liguei a máquina de lavar, para lavar tapetes e panos de chão, e esqueci de por a mangueira de saída de água, dentro do tanque, no que resultou em um lambuzo imenso dentro da área de serviço até a porta da cozinha, marido foi me ajudar a limpar, se sujou todo, se molhou, saiu na chuva..., bagunça imensa. Então, antes de acabar de fazer o almoço, fui trocar a fralda da caçula, que estava toda agitada e não dormia, constatei que, o lambuzo da fralda era ainda maior que a bagunça da área de serviço, ia ser necessário um pote de lenços para limpar tudo, acabei pedindo para o marido ir logo para o banho, tirei a roupa da bebê e dei para o Roger dar uma "lavada" na moça, assim ia ser mais rápido e eficaz. Vou te contar, que capacidade de lambuzo tem esses bebês hein!

...

Logo após o almoço, enquanto eu conversava com o Roger aqui na cozinha, Elena pegou  uma de suas bonecas, a mesma que ela brincou a manhã toda, fazendo de conta que era sua filha, colocou o capuz do casaco na cabeça e saiu... Saiu, para fora de casa, e eu nem percebi na hora, que ela tinha ido para a chuva, logo ela volta dizendo que, tinha ido tomar chuva com o nenem, e me chamou para ver. Ora bolas, já que estava toda molhada, e ia voltar lá para me mostrar, eu tinha ali duas opções a escolher, seria a mãe chata, cortaria todo o barato e a aprendizagem que ela poderia ter naquele momento, ou deixaria ela se molhar um pouco mais, e me mostrar o que ela aprendeu e sentiu com aquela experiência, e claro, registrar o momento... escolhi a opção dois, deixei ela me mostrar o que aprendeu, que a chuva era fria, que molha, que é divertido também, registrei o momento e .... bora para o banho quente, que sou mãe né, claro que me preocupo com o resfriado.... hehe






Ela gostou, se divertiu, aproveitou bem o banho quente depois, saiu do banho e dormiu! 
Foi bom.

.....

Então, chegamos a praticamente, ao meio do ano, ainda com um tanto de sanidade, duas crianças lindas, várias histórias e muito amor!!!

Beijos

2 comentários:

  1. AI QUE GRACINHA A CARINHA DE FELICIDADE DELA AO MOLHAR NA CHUVA!
    VC TEM PACIENCIA RSRS ACHO QUE SE FOSSE EU DAVA UM GRITO PRA VIR PRA DENTRO!! RSRS MAS ACHO QUE TEM QUE SER ASSIM MESMO... DEIXAR CORRER SOLTO NA HORA QUE DÁ!
    BJS

    ResponderExcluir
  2. Acho bacana o jeito que vc escreve, fica tudo parecendo tão leve...parece poesia...

    ResponderExcluir

Qual a sua opnião? Comenta vai!